Mostrar Aviso

29 de outubro é o dia mundial de prevenção do AVC (Acidente Vascular Cerebral)

29 de outubro é o dia mundial de prevenção do AVC (Acidente Vascular Cerebral)

Em entrevista à rádio 101 FM, o médico neurologista da Unimed de Jaboticabal, Dr. Frederico Nakane Nakano, falou um pouco sobre as gravidades para os pacientes vítimas de AVC e explicou qual é o serviço oferecido em parceria pela Unimed, Hospital Santa Isabel e Prefeitura Municipal.       

“De acordo com a OMS, a cada 6 segundos uma pessoa é acometida por AVC no mundo, correspondendo a cerca de 10% de todas as causas de mortalidade, com cerca de 6 milhões de casos por ano. No Brasil, até alguns anos atrás, o AVC constituía a 1.ª causa de mortalidade. O AVC é uma das grandes causas de incapacidade, inclusive para as atividades da vida diária, como alimentar-se sozinho ou tomar banho. Menos de 50% das vítimas conseguem retornar ao trabalho devido às sequelas neurológicas como perda de força nos braços e nas pernas, paralisia da face e alteração da fala. O AVC acontece quando há a obstrução ou rompimento de um vaso sanguíneo relacionado ao cérebro, como uma artéria ou uma veia”

“O tratamento envolve uma cadeia de eventos muito importantes para que a pessoa tenha as melhores chances de recuperação. Assim, a rápida identificação e encaminhamento da pessoa para uma unidade de saúde, como o pronto atendimento mais próximo ou capacitado para o tratamento, a presença de uma equipe com profissionais de saúde treinados para o atendimento, a disponibilidade de exames complementares como a tomografia computadorizada do crânio e a avaliação dos dados clínicos. Em Jaboticabal, a partir de um trabalho de parceria entre a Unimed, a Prefeitura e o Hospital Santa Isabel, hoje, temos uma equipe de neurologistas, enfermeiros e técnicos da saúde para o atendimento imediato desses casos. O atendimento é realizado no Hospital Santa Isabel e, caso o paciente tenha sintomas compatíveis com AVC e tenha chegado dentro de 4 a 5 horas do início dos sintomas, este paciente será candidato a receber um tratamento com a medicação que aumenta as chances de reversão do quadro. Ou seja, é possível reverter as sequelas que adquiriu durante o AVC e levar uma vida produtiva, seja em casa ou no trabalho. Mas para isso é importante o rápido socorro e o envolvimento, não só do atendimento em saúde, mas de toda a comunidade”

Deixe seu comentário