Cooperadas da Unimed Jaboticabal participam das comemorações de 50 anos da Faculdade de Medicina de Catanduva

Cooperadas da Unimed Jaboticabal participam das comemorações de 50 anos da Faculdade de Medicina de Catanduva

“Foi a melhor época de nossas vidas” – esta frase resume o significado que a Faculdade de Medicina de Catanduva tem para a reumatologista Adriana Gonçalves Gadelha e a cirurgiã Norma Boleratzki, cooperadas da Unimed Jaboticabal que estiveram presentes às festividades de 50 anos do curso de medicina do Centro Universitário Padre Albino – Unifipa/Famec, cujas atividades em homenagem à data foram encerradas no dia 12 de outubro.

“É uma alegria muito grande poder voltar à faculdade onde nos formamos. Agora, o local adquiriu uma outra dimensão, com o hospital. Começamos numa pequena parte dele, e agora está funcionando 100%, com centro cirúrgico, CTI. Fiquei contente por ter voltado e por saber que a instituição progrediu muito”, afirma Norma Boleratzki, da 13ª turma do curso, de 1987.

“É muito bom retornar, pois gosto muito de Catanduva. A faculdade é muito boa, a cidade também, e lá formei muitos laços de amizade. É uma emoção rever as pessoas com quem convivi durante o curso”, relata Adriana Gadelha, da 14ª turma, de 1988.

A impressão geral é que a faculdade evoluiu e, atualmente, agregou mais estrutura e tecnologia para os novos estudantes. “A faculdade cresceu bastante, é conceituada, está com um corpo docente muito bom. Já era boa antes, mas vem se estruturando cada vez mais. Para nós, é um orgulho ter contemporâneos ainda ligados à faculdade, significa que nossa turma rendeu bons frutos”, reforça Adriana.

“Percebi nos alunos de hoje o mesmo entusiasmo que tínhamos, mas agora eles contam com mais tecnologia à disposição. Pudemos conhecer o pessoal do Diretório Acadêmico também, mas agora são outros tempos”, ressalta Norma.

“A faculdade foi especial. Tive uma convivência muito boa com a professora Gesabel Clemente Marques de La Haba, reumatologista e professora da faculdade. Estabelecemos um relacionamento de amizade e tudo o que sei devo a ela. A faculdade conta com pessoas que gostam de ensinar, se dedicam ao ensino. Além de ser o melhor período de nossas vidas, tivemos grandes mestres como referência”, finaliza Adriana.

“Meu período de faculdade, e entendo que é também o de todo o pessoal que reencontrei, foi a melhor fase de nossas vidas. Além de ser responsável pela minha formação profissional, tudo o que eu aprendi vai me acompanhar até o final da minha vida”, completa Norma.

Comemorações

O evento em comemoração aos 50 anos da Faculdade de Medicina de Catanduva contou a participação do coordenador do curso de Medicina, Professor Jorge Luis Valiatti, do reitor da Universidade, Nelson Jimenes, além de ex-alunos de diversas turmas formadas pelo curso.

Durante a manhã do dia 12, foi realizada a ação Revivendo Momentos, que teve o fechamento de uma cápsula do tempo onde foram inseridos materiais e relatos de nossa época, que serão abertos daqui a 50 anos. Nela, constam o histórico da Fundação mantenedora, do curso de Medicina, do centenário do Padre Albino, jornais do dia, selo da festa de 50 anos, entre outros.

Na sequência, houve o plantio de 50 mudas de orquídeas, no pátio do Campus Sede da Unifipa, com a parceria da Associação Orquidófila Catanduvense. No mesmo dia, à noite, foi realizado o jantar comemorativo no Clube de Tênis Catanduva com a presença de mais de 600 pessoas, entre ex-alunos e seus familiares. A festa teve a animação da Banda Odysseya, Gaby Moretto e Dj Antonio Vilas.

“Foi uma noite muito especial para todos: alunos, familiares, convidados, professores, diretores e principalmente para os formandos da primeira turma, grandes profissionais, hoje espalhados por várias cidades do país, que puderam trocar experiências e matar a saudade”, afirmou o coordenador do curso de medicina.

Deixe seu comentário

Av. Carlos Berchieri, 791

Nova Jaboticabal

(16) 3209 - 2433

Informações

Fale Conosco

faleconosco@unimedjaboticabal.coop.br